Consulado

SOBRE O CONSULADO HONORÁRIO EM PORTO ALEGRE

O Cônsul Honorário da França em Porto Alegre exerce suas funções sob a responsabilidade e controle do chefe da circunscrição consular de São Paulo que por sua vez reporta-se à Embaixada. Tem como missão essencial a proteção dos franceses e seus interesses nas imediações de sua cidade de residência e levar ao conhecimento das autoridades consulares francesas informações locais que sejam de seu interesse.

O Cônsul Honorário também pode representar o Cônsul Geral da França em questões protocolares, apoiar as ações em favor da promoção da França e da cooperação franco-brasileira, nos aspectos culturais, políticos e econômicos. Suas atribuições são acordadas a título pessoal e são limitadas conforme a competência que lhe é atribuída.

  1. COMUNIDADE FRANCESA:

O Consulado Honorário pode auxiliar na gestão de situações de urgências como agressões, hospitalizações, encarceramentos, óbitos, ...  No âmbito administrativo pode intermediar ou orientar sobre a obtenção de documentos diversos.

Quando necessário, os documentos entregues ao Consulado Honorário são transmitidos ao Consulado Geral da França em São Paulo via malote lacrado.

 Para certos procedimentos o comparecimento ao Consulado Geral é obrigatório.

Maiores informações: https://saopaulo.consulfrance.org/-Services-aux-francais-

 

  1. VISTOS PARA FRANÇA:

Os brasileiros residentes no estado do Rio Grande do Sul que desejarem visitar a Guiana Francesa ou permanecer no território francês por mais de 90 dias devem, obrigatoriamente, encaminhar suas solicitações de visto, pessoalmente, no Consulado Geral da França em São Paulo mediante agendamento prévio através do site. Caso seja de interesse do solicitante, o departamento de vistos pode enviar o passaporte, com visto, para retirada na Agência Consular Porto Alegre evitando um segundo deslocamento à capital paulista.

Formalidades de ingresso para cidadãos brasileiros como turista:

Os cidadãos brasileiros estão isentos da exigência de visto para a França em viagem turística: A permanência tem uma previsão máxima de 90 dias (a cada 180 dias); esgotados os 90 dias, o brasileiro deverá ausentar-se do território, aguardando o término do prazo dos 180 dias (contados a partir da data da primeira entrada) para a possibilidade de novo ingresso no Espaço Schengen – do qual a França faz parte.

 

Na hipótese de viagem turística, o ingresso no território francês será analisado pelo agente da imigração, na fronteira. Na oportunidade deve-se apresentar:

 

  1. a) comprovantes de hospedagem na França(reserva de hotel, contrato de aluguel ou attestation d'accueiloriginal se a hospedagem for na casa de particulares);
  2. b) passagens de ida e volta;
  3. c) comprovantes dos meios de subsistência(dinheiro em espécie, cheques de viagem, cheques certificados, cartões de crédito internacionais etc.) com base nos valores de 120,00 € por dia/por pessoa (ou 60,00 € por dia se a pessoa for titular de um atestado de acolhimento).
  4. d) seguro-saúde internacional e de repatriamento no valor mínimo de 30.000 €e que cubra todo o território Schengen (Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Mônaco, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia, Suíça).

 

O passaporte deve ter, no mínimo, 3 meses de validade após a data de saída do território Francês.

 

 Maiores informações: https://saopaulo.consulfrance.org/-Portugues-

 

* CONTATOS: consulat.portoalegre@yahoo.fr /  +55(51) 32226467

 

*HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO: Terças e Quintas entre 9h30 e 12h