OSPA Jovem faz espetáculo comemorativo ao Dia Nacional da França

No dia 14 de julho, domingo, às 17h, a OSPA Jovem – Orquestra Sinfônica da Escola de Música da OSPA – Conservatório Pablo Komlós realiza um concerto especial, repleto de obras de diferentes épocas e estilos, incluindo trechos de óperas. A apresentação, que acontece na Casa da OSPA, é a primeira da agenda de 2019 e tem o apoio cultural do Consulado Honorário da França em Porto Alegre e Aliança Francesa de Porto Alegre, para celebrar o Dia Nacional da França no concerto. O maestro Arthur Barbosa comanda o grupo orquestral, formado principalmente por alunos do Conservatório. Calíope Corrêa, estudante da Escola e vencedora do 2o Concurso Jovem Violoncelista Solista do RS, interpreta os solos. A entrada franca.

Sobre o Programa

O espetáculo inicia com um dos maiores nomes da história da música. Antônio Vivaldi (1678-1741), além de um grande compositor de óperas, foi disruptivo em relação aos antecessores, inovando na forma musical, garantindo maior vivacidade ao concerto. Toda sua melodia é revisitada em ‘‘Concerto em Dó Maior para violoncelo’’.

Na sequência, ‘‘Petite Suite’’, de Claude Debussy (1862-1918), é executada. Compositor e pianista, tem como característica a polivalência, baseada nos ideais do fim do século XIX. Seu estilo se amplifica nos princípios da pintura impressionista, reunindo música orquestral, de câmara, para piano, vocal, ópera e balé.

O concerto segue com Edward Grieg (1843-1907), um dos mais célebres compositores noruegueses de sua geração. Inspirado em Mozart, foi fundamental para a consolidação de um estilo próprio da música do país com a elaboração de uma identidade nacional. Seu modelo é interpretado pelos músicos em ‘‘Suíte Peer Gynt’’.

Os jovens destacam, ainda, uma peça do regente da tarde, Arthur Barbosa. Com cinco anos à frente da Orquestra Jovem da OSPA, atua, também, como violinista, arranjador e maestro, tendo participado como membro da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura do Brasil. Sua maturidade artística é apresentada através da obra ‘‘Suite Brasileira’’.

Para encerrar o concerto, os músicos executam “Suite no 2”, da ópera Carmen, de Georges Bizet (1838-1875). A obra mais renomada do autor se baseia em uma novela homônima do século 17 e se destaca pelo caráter transgressor.

Sobre Arthur Barbosa (regente)

Compositor, regente, violinista e arranjador, é membro da OSPA desde 1998. Como violinista, já tocou em mais de dez orquestras profissionais - entre elas, a Sinfônica da Paraíba, a Municipal de Campinas, a Filarmônica de Santiago (Chile) e a de San Luis (Argentina). Como maestro, é convidado de orquestras no Brasil, nos Estados Unidos e na Europa. Desde 2012, é Diretor Artístico e Regente Titular da Orquestra Eleazar de

Carvalho em Fortaleza (CE) e, a partir de 2014, assumiu a regência da OSPA Jovem – Orquestra Sinfônica da Escola de Música da OSPA. Arthur é também um dos fundadores e principal regente do projeto “Terra Symphony Orchestra”, em Nova York.

Sobre Calíope Corrêa (violoncelo)

E, 2010, aos 5 anos de idade, iniciou os estudos em violoncelo. Quatro anos depois, passou a atuar como convidada na Orquestra Vida com Arte, da Unisinos. Participou do XVI Encontro de Instrumentistas de Ivoti e, desde 2013, integra anualmente o Encontro de Violoncelos do RS. Participou da 1a e 2a edição do Festival de Música de Teutônia. Em 2016, foi aprovada em 1o lugar para ingressar na Escola de Música da OSPA. No ano seguinte, integrou-se à OSPA Jovem. No ano passado venceu o Concurso para Jovem Violoncelista do RS, categoria de 10 a 15 anos, além de ingressar na Camerata da OSPA Jovem.

Sobre a OSPA Jovem

O grupo é regido pelo maestro Arthur Barbosa e tem como diretor artístico Evandro Matté. Formada principalmente por alunos da Escola, a orquestra é parte essencial da formação musical oferecida pela instituição. É na orquestra que os alunos têm contato com o repertório orquestral, o que é fundamental para a sua profissionalização na área da música de concerto. A OSPA Jovem vem realizando uma série de concertos anualmente, cumprindo também importante papel social ao realizar apresentações gratuitas em teatros, museus, hospitais, igrejas e outras instituições.

Sobre a Escola de Música da OSPA

Fundado em 3 de março de 1972, o Conservatório Pablo Komlós, cujo atual diretor é Diego Grendene de Souza, é referência de qualidade no ensino musical no Rio Grande do Sul. A escola é gratuita e tem como público-alvo crianças e jovens de 8 a 25 anos. Trata-se da única instituição de ensino voltada para a formação de músicos de orquestra no Estado, oferecendo a estudantes a oportunidade de profissionalização na área.
Mais informações em www.ospa.org.br.

A OSPA é uma das fundações vinculadas à Secretaria da Cultura do Governo do Rio Grande do Sul (Sedac/RS). Os concertos da Série OSPA JOVEM da Temporada 2019 são patrocinados, via Lei Federal de Incentivo à Cultura (LIC), por Panvel, CMPC, Corsan, Banrisul, Inbetta e Grupo Zaffari. Apoio: Ipiranga, Dufrio, Audio Porto, Grupo Renner e Thyssenkrup. A realização é de OSPA, Fundação Cultural Pablo Komlós e Sedac.

Concerto da OSPA Jovem
\\ Concerto Comemorativo ao Dia Nacional da França //
Quando: Dia 14 de julho, domingo

Horário: 17h
Local:
Sala de Concertos da Casa da OSPA

(Av. Borges de Medeiros, 1501 - Centro Administrativo Fernando Ferrari)

Fonte: OSPA

ENTRADA FRANCA PROGRAMA

Antonio Vivaldi - Concerto em Dó maior para violoncelo Claude Debussy - Petite Suite
Edward Grieg - Suíte Peer Gynt
Arthur Barbosa - Suíte Brasileira
George Bizet - Suite Carmen N° 2

Regente: Arthur Barbosa Solista: Calíope Corrêa