Leitura bilíngue da obra O Pequeno Patachu

A Aliança Francesa e a Editora Piu convidam para a leitura bilíngue das obras infanto-juvenis O Pequeno Patachu e Mais Histórias do Pequeno Patachu, escritas por Tristan Derème e ilustradas por André Hellé e que teriam inspirado Saint-Exupéry a criar O Pequeno Príncipe. O evento acontece na segunda, 16 de outubro, às 18h30, na Mediateca da AFPOA Moinhos (Dr. Timóteo, 752).

 Editadas pela primeira vez no Brasil, os livros receberam apoio para a tradução da Embaixada da França.

 Leitura em francês da tradutora Julia da Rosa Simões.

Leitura em português da escritora e editora Paula Taitelbaum.

Na ocasião, serão servidos Pâte à choux, os bolinhos que deram origem ao nome do personagem Patachu.

 

Sobre Patachu:

 

Patachu é um menino de seis anos que nasceu aqui na Terra, mas está sempre no mundo da lua, viajando em meio a perguntas e pensamentos. Doce, curioso e esperto, ele nasceu nos anos 1920 na França e é tão especial que, dizem, pode ter inspirado Antoine de Saint-Exupéry a criar o Pequeno Príncipe. Existe mesmo uma teoria sobre isso, pois os dois personagens têm muito em comum. Entre tantas coincidências, Patachu também faz crianças e adultos se encantarem com suas histórias e desenhos cheios de poesia, fantasia e reflexões sobre a vida. E, para descobrir se os contos deste livro realmente inspiraram Saint-Exupéry, só existe um jeito: conhecer as histórias e tirar suas próprias conclusões.

 

Sobre as participantes:

 Julia da Rosa Simões - trabalha com tradução do francês desde 2004. Já traduziu obras autores como Montaigne, Rimbaud, Saint-Exupéry, Proust e Jean-Paul Sartre. Doutora em História, realizou um estágio de um ano na França, na Écoledes Hautes Étudesen Sciences Sociales, em Paris (2014-2015). Quando criança,foi alfabetizada em português no Brasil e logo em seguida em francês na França, onde morou na cidade de Grenoble com seus pais.

 Paula Taitelbaum - publicitária e escritora, autora de obras adultas e infantis, vencedora do livro do Ano 2017 concedido pela Associação Gaúcha de Escritores com a obra "Bichológico". Trabalha no mercado editorial desde 2009 e é sócia fundadora da Editora Piu, focada em obras infantojuvenis.